Quais as diferenças entre papel sulfite e offset? Entenda aqui!

Ao entender quais as diferenças entre papel sulfite e offset, é possível identificar oportunidades para usar cada um dos tipos de papel. Especialmente se você trabalha ou tem uma gráfica.

São papéis absolutamente bons de usar em várias situações, sendo que o sulfite é mais popular e o offset tem mais utilizações gráficas.

Neste artigo, a Calcme vai te ajudar a entender tudo isso. Continue lendo e veja diferenças, vantagens e desvantagens e utilizações do papel sulfite e offset.

acesse o software para gráfica onde estiver

Você sabe quais as diferenças entre papel sulfite e offset?

Um é mais popular no dia a dia das pessoas e o outro é mais popular em gráficas. Você sabe qual é qual? Veja abaixo as principais diferenças entre cada um dos papéis: sulfite e offset.

Papel sulfite

O papel sulfite é um dos mais interessantes para utilizar no dia a dia. É aquele papel A4 que você encontra em qualquer papelaria em resmas de 500 folhas ou pacotes de 100 folhas. Esse tipo de papel pode ter gramatura de 56g e também 300g, dependendo da utilização. Ele é ideal para:

  • Usar em trabalhos escolares;
  • Pinturas e desenhos;
  • Impressão simples em impressora jato de tinta e a laser;
  • Rascunho;
  • Projetos técnicos de diferentes necessidades;
  • Impressões com pouca carga de tinta;
  • Entre outros.

É o papel mais comum do mercado e também um dos mais baratos. Afinal, é comum encontrar resmas de 500 folhas por até R$30 em algumas lojas. Isso daria 6 centavos por folha! Sim, é bem baratinho!

Veja também formas de diminuir o consumo de papel na sua gráfica.

Papel offset

Já o papel offset é um pouco mais técnico e mais utilizado em ambientes dedicados, como as gráficas rápidas ou offset. Esse tipo de papel pode ter o formato A4 também, mas além disso, ele pode ser encontrado em muitos outros formatos, ideal para uma série de impressões.

Veja algumas características:

  • Ele é produzido com polpa química branca;
  • Inúmeras gramaturas para ter resistências diversas, em diversas aplicações;
  • Colagem em amido e por isso pode receber mais tinta do que o sulfite comum;
  • Possui textura porosa (o que faz absorver mais tinta);
  • É o modelo mais utilizado em gráficas rápidas e offset;
  • Entre outras características.

Offset e sulfite é a mesma coisa?

Não. Offset e sulfite não são a mesma coisa, já que cada tipo de papel vai ser usado para uma finalidade específica dentro do ramo gráfico.

O papel sulfite é amplamente conhecido e utilizado no dia a dia, sendo facilmente encontrado em formatos como o A4 em papelarias para usos variados, como trabalhos escolares e impressões simples.

Já o papel offset, de natureza mais técnica, é frequentemente usado em ambientes gráficos e tem uma grande capacidade de absorver mais tinta devido à sua textura porosa.

Ou seja, ele é ideal para impressões de alta qualidade e outros projetos específicos de gráficas.

Nesse sentido, podemos entender também que não há um melhor ou pior papel. Offset e sulfite sempre terão as suas principais utilizações baseadas na necessidade técnica do projeto.

Quando usar cada um dos tipos de papéis: papel offset ou sulfite?

Agora que você já sabe quais as diferenças enre papel sulfite e offset, é preciso considerar também quando usar cada um dos tipos de papel. Especialmente se você quer saber qual modelo comprar para a sua gráfica.

Nesse caso, considere o sulfite e o offset para as seguintes atividades:

SulfiteOffset
Impressões de escritórioIdeal para gráficas rápidas e offset
Atividades escolaresUsado para fazer personalizados
Rascunhos com o verso de impressões antigasTambém pode ser usado para fazer lembrancinhas
Pinturas e desenhos para as criançasIdeal para alta qualidade de impressão
Impressões com pouca tintaCapas, etiquetas e tudo que precisa de uma estrutura mais rígida de papel.

Veja também fornecedor de papel para gráfica.

Papel offset x papel sulfite

Se você está iniciando no ramo gráfico ou mesmo quer comprar modelos de papel offset e sulfite para o seu projeto, é preciso entender quando um é mais indicado do que o outro.

Então nesse caso, você pode considerar algumas características, como:

  • Origem e composição: enquanto que o sulfite é produzido de celulose branqueada, o offset é feito com polpa química branca e colagem em amido. Por isso, o offset pode receber mais tinta.
  • Usos: o papel sulfite é aquele papel para usar no dia a dia e sempre vai estar na bandeja da impressora do escritório. Já o offset é ideal para gráficas ou impressos de alta qualidade.
  • Textura e absorção de tinta: o sulfite é mais liso e mais simples. Enquanto que o offset tem uma textura porosa, que é justamente para absorver mais tinta e gerar impressões mais nítidas e com detalhes ricos. Por isso ele é muito usado em gráficas.
  • Formatos e gramaturas: O principal formato do papel sulfite é o tradicional A4, embora haja outros tamanhos. Ele pode ter até 300g. Já o offset é mais dinâmico e pode ser encontrado em outros formatos e gramaturas.
  • Preço: O papel sulfite é bem mais barato e você pode comprar 500 folhas por menos de R$50. Já o papel offset é mais caro e tem um valor agregado maior para projetos gráficos. Por isso ele é muito usado em gráficas.

Que tipo de papel ter na gráfica rápida: offset ou sulfite?

Os dois! Afinal, cada tipo de trabalho vai exigir um tipo de papel. E tipos de papel é o que não pode faltar na sua gráfica rápida, não é mesmo?