Quais os tipos de comunicação visual?

Ao conhecer quais os tipos de comunicação visual que existem, fica fácil compreender como essa é uma área cada vez mais criativa. Afinal, as possibilidades são inúmeras, os formatos são inúmeros e o poder de comunicação é enorme, quando há uma estratégia bem planejada.

Neste artigo, a Calcme vai te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto. Veja quais os tipos de comunicação visual que existem, além de formatos e muito mais.

Você sabe quais os tipos de comunicação visual que existem?

Ao entender quais os tipos de comunicação visual que existem, você se depara com muitas opções. Veja alguns modelos:

  • Desenhos e ilustrações;
  • Imagens e fotos;
  • Artes gráficas em geral;
  • Vídeos.

A seguir, saiba mais sobre cada um dos tipos e tenha ideias de como eles podem ser úteis e como você pode usá-los na sua empresa. Ou, ainda, se você está abrindo a sua empresa de comunicação, inspire-se e tenha ideias de como o seu negócio pode começar.

Inclusive, veja também como abrir uma empresa de comunicação visual.

acesse o software para gráfica onde estiver

Desenhos e ilustrações

Os desenhos e ilustrações são muito famosos em artes de comunicação visual. Você pode explorar vetores ou mesmo a obra de algum ilustrador artístico ou comercial, por exemplo. Esse tipo de comunicação visual é ideal para quem está lançando alguma campanha conceitual ou mesmo relacionada a aspectos artísticos.

O lado positivo de explorar vetores é que, para imprimi-los é mais fácil, já que eles não perdem qualidade e se adaptam para vários formatos.

Veja também: Como administrar uma empresa de comunicação visual?

Imagens e fotos

Outro tipo de comunicação visual que você pode usar nas campanhas ou mesmo oferecer na sua empresa, é a impressão de imagens e fotos em geral. Nesse caso, é preciso escolher muito bem o material e também o tipo da foto, para que ela não perca qualidade e o material tenha uma boa recepção para a impressão.

Artes gráficas em geral

As artes gráficas são indispensáveis em uma empresa de comunicação visual, já que elas serão o carro-chefe da maioria das impressões. Afinal, esse é um tipo de comunicação visual muito comum e que precisa fazer parte do seu arsenal de possibilidades caso você vá abrir uma empresa no ramo.

Vídeos

Você sabia que até mesmo os vídeos fazem parte dos tipos de comunicação visual existentes? Sim, os vídeos são ótimos para mídias digitais e interativas e podem estar espalhadas em vários lugares da cidade.

Esse tipo de mídia chama a atenção e se destaca principalmente a noite, quando outros pontos de comunicação geralmente estão apagados.

Em quais formatos a comunicação visual será inserida?

Ela pode ser inserida em vários formatos diferentes, como:

Outdoor

Mídia comum e que geralmente tem medidas de 9x3m.

Banner

Banners podem ser usados em eventos, espaços internos e externos. Geralmente vão precisar de suportes para serem estendidos.

Faixas

As faixas também são usadas em eventos, feiras e bazar em lojas. Elas são horizontais e garantem uma comunicação clara.

Fachadas

Algumas empresas de comunicação visual se especializam na criação de fachadas para lojas, por exemplo.

Veja também: O que faz um analista de comunicação visual?

Materiais gráficos em geral

E por fim, os materiais gráficos em geral também entram nas mídias de comunicação visual, já que eles são visuais e chamam a atenção para uma leitura mais aproximada.

Vale a pena trabalhar com as formas de comunicação visual?

Sem dúvidas! Pois pare e pense por um instante: à sua volta, tudo comunica. A televisão, as placas, as fachadas das lojas, os panfletos que entregam a você na rua e até mesmo as publicações que você vê nas redes sociais.

O tempo todo estamos comunicando alguma coisa. Em muitos desses momentos, de forma profissional e a fim de vender um serviço ou produto. Portanto, trabalhar com comunicação visual pode ser uma excelente alternativa para quem busca um mercado de trabalho promissor.

São muitas as frentes, como pudemos ver na lista de formas de comunicação visual, o que torna o trabalho muito mais interessante, já que você poderá escolher o que mais combina com o seu perfil.

Além disso, cada área conta com ferramentas que visam facilitar o dia a dia do criador, como veremos a seguir, no tópico sobre software comunicação visual. Continue lendo!

Software comunicação visual: Veja opções de acordo com as formas de comunicação visual

Existem diversos tipos de software comunicação visual, que podem ser usados de acordo com os tipos de comunicação.

Cada opção apresenta um conjunto de funcionalidades e características que contribuem para a criação de materiais de alta qualidade. A seguir, separamos algumas opções para você conhecer e investir na hora de fazer as suas artes:

Software para edição de vídeo

  • Adobe Premiere Pro
  • Final Cut Pro (para macOS)
  • DaVinci Resolve
  • Adobe After Effects (para animações e efeitos visuais)
  • HitFilm Express

Software de modelagem 3D e renderização

  • Blender
  • Autodesk Maya
  • Cinema 4D
  • 3ds Max
  • Rhino

Software de animação

  • Adobe Animate
  • Toon Boom Harmony
  • Blender (para animações 3D)
  • Moho (Anime Studio)
  • Synfig Studio

Software de design

  • Adobe InDesign
  • Scribus
  • QuarkXPress
  • Affinity Publisher
  • Microsoft Publisher

Software de ilustração

  • Adobe Illustrator
  • CorelDRAW
  • Inkscape
  • Affinity Designer
  • Vectr

Software de edição e criação de imagens

  • Adobe Photoshop
  • GIMP (GNU Image Manipulation Program)
  • CorelDRAW
  • Affinity Photo
  • Paint.NET

Todas essas opções de software oferecem ferramentas de diferentes tipos para a construção de imagens e vídeos de alta qualidade.

Entretanto, é importante ter em mente que muitos deles apresentarão funcionalidades pagas, portanto, são ideias para quem deseja se profissionalizar.

Veja também: Quanto ganha um vendedor de comunicação visual?

Se você é iniciante, os softwares gratuitos podem te ajudar

Caso você ainda seja um iniciante no universo dos tipos de comunicação visual, as ferramentas gratuitas tendem a ser as melhores neste momento.

Um exemplo atual é o próprio Canva, que oferece aos usuários a oportunidade de editar imagem, fazer designs e até editar vídeos dentro da plataforma online, sem precisar baixar nenhum tipo de aplicativo. 

Dessa maneira, torna-se possível iniciar os primeiros passos na área, adquirindo experiência e preparando peças interessantes para conquistar o seu público. 

Vale a pena experimentar!