fornecedor de papel para grafica

Fornecedor de papel para gráfica – Veja onde comprar!

Um bom fornecedor de papel para gráfica consegue entregar os melhores produtos em pouco tempo na sua empresa. Além disso, há garantias e muitas ofertas interessantes para vários tipos de papel.

Por isso, neste artigo a Calcme vai te ajudar a encontrar fornecedor de papel para gráfica. Continue lendo e saiba mais.

Fornecedor de papel para gráfica

  • Silva Papéis.
  • Seletiva Papéis.
  • Kgepel Papéis.
  • WG papéis.
  • Papel Ecológico.
  • TransMercantile Representações Ltda.
  • R2 Paper Distribuidora de Papéis.
  • Nova Futuro Papéis.

Além desses fornecedores, claro, há outros. Mas com essa lista, você já conseguirá ter uma boa reposição para a sua empresa. A seguir, entenda mais sobre cada um deles e seus contatos.

acesse o software para gráfica onde estiver

Silva Papéis

A Silva Papéis é uma distribuidora de papéis que te ajuda a repor inúmeros tipos de suprimentos na sua gráfica. Eles têm adesivos, acetato, autocopiativo, carbono, papel vegetal, A4 e outros.

Fica em São Paulo. Telefone: (11) 2638-1135.

Seletiva Papéis

Outro fornecedor de papel para gráfica é a Seletiva Papéis, que fica em Curitiba/PR. Eles distribuem somente papel gráfico e industrial. Como por exemplo: Kraft, Duplex, Triplex, Offset e Couché. 

Contato: (41) 3514-2420.

Kgepel Papéis

A Kgepel Papéis é uma distribuidora de papéis para gráfica de Cascavel/PR. Eles têm os principais papéis gráficos, além de suprimentos e também papéis especiais. 

Contato: (45) 3220-2441.

WG papéis

Focada em papéis, a WG é uma fornecedora de São Paulo. Você poderá comprar tudo o que precisa para a sua gráfica.

Contato: (11) 2217-7533.

Papel Ecológico

Se o que você precisa é de papel ecológico, então esse fornecedor é o melhor. Distribuir papel cartão é a expertise da empresa, que fica em São Paulo.

Contato: (11) 3856-1560.

TransMercantile Representações Ltda

Há mais de 20 anos no mercado, a TransMercantile é muito experiente em papéis para vários projetos. Além disso, você encontra também tecido e outros produtos! Fica em São Paulo.

Contato: (11) 3255-9001.

R2 Paper Distribuidora de Papéis

Adesivo, couché, offset, pólen, reciclato, sulfite A4, jornal, cartão duplex e triplex são algumas das especialidades da R2. Fica em Guarulhos/SP.

Contato: (11) 2636-1181.

Nova Futuro Papéis

Em São Paulo, a Nova Futuro garante boas condições de mercado em papel plano para impressão. Eles têm inúmeros produtos. Vale a pena orçar!

Contato: (11) 2918-0527.

Dicas para encontrar o melhor fornecedor de papel para gráfica

Sempre que você vai contratar uma empresa para fornecer papel para a sua gráfica, é importante considerar o tempo de entrega, condições de pagamento e qualidade do produto. Portanto, faça testes para encontrar a sua melhor alternativa.

Além disso, observe preços, prazo de entrega e facilidade de logística. Muitas vezes o melhor fornecedor não é o que tem melhor preço. Mas sim, a melhor disponibilidade.

Conte com a Calcme para te ajudar na gestão de fornecedores. Com o nosso sistema para gráficas, você encontra o momento certo para fazer uma encomenda ou redefinir o seu estoque gráfico. Tudo de maneira automatizada e na palma da sua mão.

Clique aqui para fazer um teste grátis ainda hoje.

Qual é o processo de impressão mais utilizado

Qual é o processo de impressão mais utilizado?

Para saber qual é o processo de impressão mais utilizado, você está no lugar certo! Afinal, neste artigo, a Calcme vai te ajudar a entender mais sobre o assunto. Continue lendo e saiba qual é o processo de impressão mais utilizado em gráficas grandes e pequenas!

Conheça qual é o processo de impressão mais utilizado de todos: o offset!

O offset é o processo de impressão mais utilizado pelas gráficas grandes e pequenas. Isso porque esse sistema de impressão é absolutamente vantajoso em inúmeras circunstâncias. Afinal, você pode ter uma ótima lucratividade tanto para impressos grandes como pequenos.

Para entender mais sobre o processo de impressão mais utilizado, veja alguns benefícios do offset:

  • Alta velocidade de impressão.
  • A tinta entra no substrato.
  • Possibilidade de impressos especiais e com cores especiais.
  • Dá pra imprimir em vários substratos (e tamanhos).

Continue lendo e saiba mais sobre cada item da lista!

acesse o software para gráfica onde estiver

Alta velocidade de impressão

A alta velocidade de impressão é um excelente benefício do offset. E por isso é um dos processos mais utilizados em gráficas de todos os portes. Afinal, tempo é dinheiro e, por isso, imprimir materiais rapidamente é fundamental.

Só que, ao mesmo tempo, não há como imprimir um material em alta velocidade sem entregar qualidade para o cliente final, não é mesmo? É por isso que quando você se pergunta qual é o processo de impressão mais utilizado de todos, o offset sempre vai liderar: ele entrega uma ótima qualidade final, em rápida velocidade!

A tinta entra no substrato

Outro ótimo benefício da impressão offset é que a tinta entra no substrato. Isto é, no papel ou outro material que você está usando para imprimir. O que é uma vantagem muito grande, principalmente se comparado com qualquer outro tipo de sistema de impressão.

Afinal, a tinta que entra no substrato é uma tinta muito mais aderente. Ela não vai desbotar fácil e não vai sair do papel tão rápido. Oferecendo, assim, uma maior vida útil para o produto feito na gráfica.

Possibilidade de impressos especiais e com cores especiais

A possibilidade de impressos especiais é uma das ótimas vantagens do sistema offset de impressão. Isto é, você poderá desenvolver uma série de produtos, serviços e demais recursos para o seu cliente.

Além dos impressos especiais, você também pode usar cores especiais para trabalhar no offset. Isto é, você não se limita a 4 cores CMYK.

Dá pra imprimir em vários substratos (e tamanhos)

Pela vantagem de imprimir em vários substratos, o processo de impressão em offset é fantástico. Afinal, você comercializa diversos tipos de impressos para o seu cliente e assim tem um leque de possibilidades enorme. Inclusive, você pode imprimir em tamanhos diferentes. O que é ótimo!

Offset + sistema de gestão = excelente lucratividade!

Com um sistema de impressão eficiente como é o offset e com um sistema de gestão personalizado para a sua gráfica, a lucratividade da empresa vai aumentar. Afinal, você terá sistemas e processos estabilizados e lucrativos rodando a favor do seu negócio – independente do formato dele.

Conheça o sistema da Calcme para pequenas e médias gráficas e veja como você poderá extrair ainda mais lucratividade do seu negócio. Clique aqui para testar grátis.

ERP para gráfica offset Conheça o melhor sistema para gráficas

ERP para gráfica offset: Conheça o melhor sistema para gráficas

Um ERP para gráfica offset é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores ferramentas para gestão, organização e otimização de recursos. É com um bom ERP para gráfica offset que você pode construir uma gráfica lucrativa, efetiva e sem distorções em orçamentos, fluxo de caixa e rentabilidade.

Como tudo isso pode ser colocado em prática? É o que vamos entender a partir de agora. Portanto, continue lendo para entender mais sobre sistema ERP para empresa de comunicação visual, veja onde contratar e como escolher.

acesse o software para gráfica onde estiver

ERP para gráfica offset – O que é?

Um ERP para gráfica offset nada mais é do que um sistema integrado de gestão empresarial. Ou seja, é um sistema que controla todos os setores e todos os ambientes da empresa, de modo a encontrar lucratividade, organização e otimização de recursos em geral. Tanto recursos financeiros, quanto recursos humanos.

O ERP é indispensável para empresas que visam um sistema organizado, planejado e com foco na rentabilidade do negócio. Além disso, é com o ERP que você poderá encontrar potenciais problemas e corrigir situações que estejam desalinhadas com a realidade da empresa.

Por exemplo, ao enviar um orçamento manual para o cliente, muitas vezes você precisa verificar estoque, equipe e demais recursos. Mas com um ERP instalado e alimentado adequadamente, tudo isso é feito de modo automático e você ganha tempo para trabalhos mais lucrativos, como encontrar mais clientes.

Nada melhor do que demandar para o algoritmo/sistema um trabalho de gestão que pode haver falhas humanas, não é mesmo?

Mas, como escolher o melhor ERP para empresa de comunicação visual? É o que vamos entender agora. Continue lendo.

ERP para gráfica offset – Como escolher?

Para escolher um bom ERP para gráfica, você precisa considerar alguns aspectos relacionados ao seu negócio. Será que o sistema vai se adaptar a sua empresa? A sua equipe? As suas máquinas?

Essas perguntas são fundamentais, pois é a partir da resposta delas que você pode, enfim, escolher um sistema adequado.

Busque por um sistema que tenha todas as funções de gestão em um. Ou seja, você pode centralizar tudo e não precisa depender de outros sistemas para encontrar essa ou aquela informação. É tudo no mesmo lugar.

Além disso, um sistema em nuvem (online) é uma opção vantajosa para quem não quer depender de comprar computadores para rodar um sistema robusto. Outra vantagem do sistema em nuvem é que ele pode ser acessado de absolutamente qualquer lugar. Ou seja, você pode ir até o seu cliente e levar o sistema junto, acessando-o pelo celular.

Esses recursos são indispensáveis para escolher o melhor ERP para todos os tipos de gráficas e empresas de comunicação visual.

ERP para gráfica offset – Conheça Calcme

Se você busca um ótimo sistema para gráfica, conte com a Calcme. O nosso sistema é dedicado a gráficas médias e pequenas.

Assim sendo, por um investimento muito baixo, você tem um sistema disponível 24h por dia e em qualquer lugar. Leve o sistema da sua gráfica onde você quiser.

Faça um teste grátis agora mesmo ou fale com um de nossos especialistas.

O que é uma gráfica offset?

O que é uma gráfica offset?

Neste artigo, você vai aprender o que é uma gráfica offset, para que serve, como montar o seu projeto e muito mais. Afinal, uma gráfica offset pode ser verdadeiramente revolucionária para alguns tipos de serviços e, para outros, não é a melhor opção. Por isso, continue lendo para entender tudo sobre o assunto.

O que é uma gráfica offset?

Uma gráfica offset nada mais é do que uma gráfica especializada em impressões de altas tiragens. Ela é feita especialmente para quem precisa imprimir muitas cópias ao mesmo tempo, pois suas máquinas são feitas para isso. 

No processo de impressão offset, quanto mais impressões você fizer, mais barato será o custo final. Se for imprimir apenas poucas cópias, não vale a pena. Mas se for imprimir milhares, então sim, começa a fazer mais sentido.

Mas, por que isso acontece? Basicamente, a gráfica offset consegue organizar e otimizar o processo de impressão de maneira eficiente a partir da gravação de chapas. Essas chapas servem para a base da impressão que estará no papel depois.

É por isso que imprimir poucas cópias no modo offset não vale a pena. Afinal, só a gravação da chapa de impressão tem um custo altíssimo que precisa ser absorvido no custo do material que será impresso.

Inclusive, para entender mais sobre o processo offset, temos um artigo que fala sobre isso. Veja aqui o que é impressão offset.

acesse o software para gráfica onde estiver

A gráfica offset é melhor do que a gráfica digital?

Uma das melhores maneiras de entender o que é uma gráfica offset, é comparando ela com outro tipo de processo de impressão. Assim, as coisas ficam muito mais claras e fáceis de entender. Portanto, vamos pegar o processo de impressão digital para comparar com o modelo offset.

Uma gráfica digital nada mais é do que uma gráfica que imprime arquivos digitais a partir de um comando simples. Pode ser impresso apenas uma folha ou mais. Para impressões de baixas tiragens, a gráfica digital é uma excelente alternativa.

Portanto, não há uma melhor e uma pior. Afinal, ambos os negócios são diferentes e, portanto, o natural é que haja espaço para os dois tipos de gráficas no mercado. Inclusive, se você está querendo abrir uma gráfica, poderá considerar os dois modelos no seu plano de negócios. Assim, conseguirá atender uma leva muito maior de clientes e tiragens.

Como montar uma gráfica offset

Até aqui, já entendemos o que é uma gráfica offset e quais são suas diferenças para uma gráfica digital. As duas são importantes e úteis em processos diferentes. Mas se você deseja abrir uma gráfica offset, considere isso aqui:

  • Invista em uma máquina com bom custo-benefício;
  • Conquiste seus primeiros clientes para ir pagando a máquina;
  • Implemente um sistema inteligente para controlar a gráfica;
  • Monitore os custos e resultados.

Conte com a Calcme para implementar um sistema inteligente, prático e seguro na sua gráfica. Controle gastos, ordens de serviço e produção, faça orçamentos e muito mais. Assim, você poderá desenvolver o seu plano de negócios de forma eficiente e lucrativa.

Qual o valor de uma impressora offset

Qual o valor de uma impressora offset?

Você sabe qual o valor de uma impressora offset? Neste artigo, a Calcme vai te ajudar a entender um pouco mais sobre esse assunto, visto que uma impressora offset pode ter inúmeras funções e alternativas dentro de uma gráfica. E por isso, o valor pode ou não fazer sentido para o proprietário.

Continue lendo e saiba mais sobre o assunto.

Qual o valor de uma impressora offset?

Na verdade, para responder qual o valor de uma impressora offset, é preciso considerar uma série de aspectos diferentes. Afinal, existem muitos tipos de impressoras e não há como simplesmente dizer que uma impressora custa “X”.

Algumas impressoras são exclusivamente feitas para grandes indústrias. Outras, podem ser mais adaptadas para indústrias menores ou gráficas pequenas.

Em geral, o preço de uma impressora offset pode variar de R$ 50.000,00 até mais de R$ 2.000.000,00. Afinal, tudo vai depender do tamanho de entrada, capacidade de gravação de chapa, marca, ano, tecnologia embarcada e por aí vai.

O mais recomendado é que você procure empresas fabricantes e compare o preço entre os modelos que sua gráfica precisa. Ou, ainda, você poderá acessar classificados online para encontrar representantes ou empresas que estejam vendendo máquinas usadas. 

Dessa forma, você terá um bom parâmetro de medida. Seja se você está começando uma gráfica agora, do zero, ou se você está buscando máquinas para melhorar a estrutura e o parque gráfico.

acesse o software para gráfica onde estiver

Vale a pena comprar uma impressora offset?

De maneira geral, vale a pena. Porém, você precisa considerar vários aspectos que estejam relacionados ao seu plano de negócios. Muitas vezes, a impressora offset será indispensável para o tipo de material que você fornece. Porém, para outros tipos de projetos, talvez ela não seja tão importante assim.

Veja dois tipos de impressora offset abaixo.

Offset plana

A impressora offset plana é feita para quem precisa imprimir e entregar materiais de altíssima qualidade, como: folders, flyers, catálogos, materiais com acabamento elegante e exclusivo. A offset plana tem potenciais incríveis para impressões muito acima da média.

Offset rotativa

Já a offset rotativa, é indicada para quem precisa imprimir jornais, revistas e outros tipos de tiragens que podem ser impressas em rolos. Ou seja, não há uma melhor impressora offset: mas sim, aquela que mais se encaixa no seu projeto e plano de negócios.

Como gerenciar uma impressora offset

Agora que você já sabe qual o valor de uma impressora offset e quais os tipos que existem, é importante, também, considerar a contratação de um sistema de gestão para elas. Ou seja, um sistema integrado que pode ser usado na sua gráfica como um todo.

O sistema da Calcme é desenhado exclusivamente para pequenas e médias gráficas, que precisam de um suporte inteligente sobre todas as áreas de gestão da gráfica: finanças, pedidos, produção e por aí vai.

Faça um teste grátis do nosso sistema agora mesmo e rode o que há de melhor em gestão para gráficas e empresas de comunicação visual. Você economiza tempo e, claro, dinheiro.

Quais os tipos de impressoras offset? Qual usar na minha gráfica?

Quais os tipos de impressoras offset? Qual usar na minha gráfica?

Neste artigo, você vai aprender um pouco mais sobre quais os tipos de impressoras offset existem, quais são as melhores opções e qual comprar.

Afinal, se você está montando a sua gráfica agora, ou mesmo se você quer implementar a produção com novas máquinas, é importante entender, também, como fazer essa implementação, não é mesmo?

Portanto, continue lendo e saiba tudo sobre o tema.

Quais os tipos de impressoras offset?

Existem vários tipos e marcas de impressoras offset. Afinal, cada empresa produz a sua própria máquina de maneira personalizada e, muitas vezes, até mesmo sob medida para o espaço da gráfica do cliente.

No entanto, de forma técnica, existem dois tipos de impressoras offset: as planas e as rotativas. Ambas são importantes, diferentes e indispensáveis para determinados tipos de processos gráficos.

Por isso, antes mesmo que você se pergunte qual é a melhor opção, aqui vai a resposta: depende! Afinal, elas são diferentes e muitas vezes se complementam em uma indústria gráfica offset que atende diversos tipos de pedidos.

Algumas serão mais focadas em um acabamento mais detalhado e elegante, enquanto outras se envolvem com produções de larga escala. Cabe a você analisar o mercado e o seu público antes de adquirir o melhor equipamento.

Para entender mais sobre quais os tipos de impressoras offset que existem, continue lendo e saiba mais.

acesse o software para gráfica onde estiver

Impressora máquina offset plana

A impressora offset plana é uma das mais comuns. Ela é usada para vários tipos de impressões que precisam de um acabamento refinado, elegante e bonito. A sua impressão é feita “folha por folha”. Ou seja, as folhas são soltas e cada uma delas receberá uma impressão avulsa, de modo que você tenha que refilar o material depois.

A qualidade de impressão de uma impressora offset plana é muito grande. Ela é usada na grande maioria das gráficas que atendem esse tipo de impressão, visto que é muito rápida e oferece uma flexibilidade bem grande para executar os trabalhos. Muitas vezes é tudo automático, e a mão humana é usada apenas para alguns ajustes.

Por isso, se o seu público busca por um tipo de impressão que seja mais refinado e focado nos detalhes, concentre-se em adquirir uma máquina offset deste modelo. Desse modo você estará atendendo às demandas daqueles que procuram a sua empresa.

Impressora offset rotativa

Já a impressora offset rotativa é também muito “prestativa” e dinâmica, bem como a plana. No entanto, essa confere uma qualidade melhor para impressões do tipo “livro”. Ou seja, ela é boa para imprimir jornais, revistas e demais materiais em que há apenas texto.

As bobinas de papel que trabalham em movimento rotativo, podem gerar impressões rápidas e adequadas para produtos que não precisam de uma estética especial ou diferente. Isso garante um grande volume e muita agilidade, perfeito para quem busca um equipamento que proporcione agilidade e grandes produções para o dia a dia da empresa.

Para a impressão de capas e outras lâminas mais elegantes, a impressora plana será bem-vinda. 

Inclusive, vale ressaltar que se o seu público-alvo for grandes empresas com revistas ou outros tipos de materiais impressos em larga escala, certamente este será um equipamento bastante atraente e lucrativo para o seu negócio.

Qual usar na minha gráfica?

Como você pôde perceber, ambas impressoras são ótimas e servem para uma finalidade diferente. Por isso, a dica aqui é: compre aquelas que vão atender o seu plano de negócios.

Se você está começando agora, opte por uma ou outra. Foque nesse tipo de serviço, até que possa abrir o leque e oferecer mais tipos de serviços e comprar novas máquinas.

Uma excelente forma de descobrir qual seleção fazer, é analisando o seu público-alvo. Antes de tomar a sua decisão final, avalie quais dos tipos de impressora para gráfica offset faz mais sentido para o seu público. Assim você evita de adquirir um equipamento que possa vir a ser obsoleto na sua empresa.

Como gerir uma gráfica com impressora offset de forma profissional?

Para gerir a sua impressora offset escolhida, além do sistema interno da máquina, você deve ter um sistema para a sua gráfica. Ou seja, um sistema que possa controlar pedidos, ordens de produção, orçamentos e demais fatores importantes na hora de efetivamente ter lucro na empresa.

Sem esse tipo de controle, você pode acabar prejudicando o seu negócio, uma vez que poderá se sentir como alguém que atua “no escuro” dentro de um mercado tão competitivo.

Conte com o sistema da Calcme para te ajudar nisso. Fale com um de nossos especialistas agora mesmo e teste gratuitamente.

O que é impressão offset e como funciona?

O que é impressão offset e como funciona?

A impressão offset é uma das mais populares do mercado, justamente pelo fato de que ela é uma impressão rápida, barata e que confere enorme qualidade final ao produto impresso. Por isso, acaba sendo uma excelente alternativa para quem não abre mão de custo-benefício.

As grandes e médias gráficas utilizam o sistema de impressão offset e, por isso, neste artigo, vamos entender mais sobre o assunto. Continue lendo para saber tudo sobre o assunto.

O que é impressão offset e como funciona?

A impressão offset é um tipo de impressão que não molha o papel e nem permite tantos erros que geram desperdício. Basicamente, a impressão offset, em sua tradução, é uma “impressão fora do lugar”.

Ou seja, uma impressão que não mancha o papel diretamente. Mas sim, passa por um processo cilíndrico com chapas de impressão.

Basicamente, funciona como se fosse uma grande engrenagem. Uma chapa é confeccionada com aquilo que vai ser impresso no papel.

Depois, essa chapa é molhada com a tinta e o papel “suga” essa tinta. Após esse primeiro processo, um cilindro emborrachado é passado por cima do papel, fixando a tinta e finalizando o material.

Tudo isso acontece de maneira muito rápida e ágil, conferindo uma enorme produtividade para pequenas e grandes gráficas e empresas de comunicação visual.

A mão humana tem pouca interferência no processo. Precisa-se de pessoas apenas para colocar água e tinta para repor as cargas para impressão. O resto, a máquina faz sozinha.

acesse o software para gráfica onde estiver

A impressão offset é a melhor do mercado?

Hoje em dia, a impressão offset é uma das melhores do mercado, com certeza. Afinal, ela confere uma grande produtividade para a gráfica, fazendo com que muitas impressões possam ser feitas ao mesmo tempo. Para grandes tiragens, isso é ótimo.

Além disso, um dos fatores que faz a impressão offset ser muito importante para uma gráfica, é o fator custo. Esse método de impressão desperdiça muito menos recursos, uma vez que as chapas estejam gravadas.

Por isso é importante ter uma gestão e aprovação bastante profissional antes de rodar a impressão. Caso contrário, a chapa terá de ser feita novamente e isso, sim, pode gerar custos.

Vantagens da impressão offset

Existem muitas vantagens de se operar uma impressão offset. Principalmente pelo fato de que esse tipo de impressão oferece muita flexibilidade para trabalhos profissionais e em altas tiragens.

Além disso, a impressão offset garante também muita flexibilidade do ponto de vista de tipos de papel. As máquinas podem imprimir em muitas texturas diferentes, o que é ótimo para ter uma boa gama de possibilidades para o seu cliente.

Agora que você já entendeu offset o que é e também algumas características da impressão offset, veja algumas vantagens e benefícios de se imprimir com esse processo de impressão:

Liberdade de criação com offset

Um dos pontos mais importantes da criação de impressos via offset, é a liberdade de criatividade. Ou seja, o designer ou o cliente que está buscando aquele impresso, pode fazer vários tipos de artes para imprimir via offset. A maioria das criações vai dar certo, pois o offset é flexível o suficiente para encontrar uma boa saída para o projeto.

A impressão offset é ótima para designers e outros profissionais que precisam criar materiais com detalhes ricos, altas tiragens e fidelidade de cores.

Eficiência para vários tipos de impressão

A eficiência para vários tipos de impressão também é um dos pontos fortes do offset. Afinal, você já sabe que esse tipo de impressão funciona de maneira rápida para executar inúmeros tipos de processos de impressões. Mas tudo isso, sem abrir mão da qualidade do impresso e também da fidelidade de cores.

Além das cores, o offset também permite a impressão de formatos diferentes. E mesmo assim, de maneira eficiente, sem perder performance.

Imprime várias gramaturas de papel

Outra vantagem expressiva do offset, é que esse tipo de impressão pode facilmente compreender gramaturas diferentes de papel. Ou seja, você poderá desenvolver vários tipos de projetos junto com a sua agência de publicidade ou designer, e imprimir isso tudo via offset.

O offset é ótimo para quem precisa de uma boa relação de custo e benefício!

Como gerir impressões offset

Se você tem uma gráfica ou está pensando em abrir uma, além da impressão offset, é importante ter um sistema adequado para gerir todos esses processos. Nesse caso, conte com o sistema da Calcme para pequenas e médias gráficas.

Nosso sistema permite que você faça o gerenciamento de orçamentos, pedidos, aprovações, ordens de compra e de toda a parte financeira do negócio. Assim, você poderá comprovar, na prática, a efetividade nos resultados ao adquirir uma máquina offset.

Clique aqui para fazer um teste grátis.

Digital x Offset – Quais as principais diferenças?

Com os avanços tecnológicos ocorrendo de maneira recorrente, nos deparamos com diversos tipos de impressão, como Digital x Offset, frequentemente. 

Em contrapartida, saber escolher a melhor opção para um projeto requer uma análise aprofundada. Para isso, mantenha-se a par das diferenças entre estes dois tipos de impressões. Veja a seguir.

Principais diferenças entre Digital x Offset

Há quem garanta que toda impressão é igual, ou com pouquíssimas diferenças. Porém, não é bem assim que funciona. Afinal, se fosse, porque teríamos tantas tecnologias diversas à nossa disposição?

Por isso é preciso conhecer os dois métodos de impressão, digital x offset, e assim decidir qual a escolha para o seu negócio.

É preciso compreender que o sistema de impressão offset pode ser entendido como um processo “indireto”. Isto é, utiliza matrizes através de chapas de alumínio, que têm por objetivo gravar e transferir a imagem para o substrato. Assim, as cores são impressas uma a uma, formando as imagens a partir da adição da pigmentação das cores.

Trata-se do método mais utilizado nas impressões do dia a dia, apresentando altíssima qualidade e desempenho. Além disso, permite ainda que a impressão seja feita em diferentes gramaturas e materiais, desde o papel até o plástico.

Costumeiramente é utilizada em grandes tiragens – centenas ou até milhares, por exemplo. Vale lembrarmos ainda que a impressão offset apresenta um custo fixo, independente da tiragem escolhida.

Suporta grandes formatos de impressão, além de ter uma alta velocidade de execução.

O sistema de impressão digital, por sua vez, apresenta menos “passos” do que quando comparamos com o sistema offset. Aqui, as cores podem ser impressas de uma só vez e de uma forma direta. Isso acontece porque esse método não apresenta intermediários entre a tinta e o substrato.

Como efeito, o custo de acerto deste tipo de máquina pode ser reduzido, além de haver a possibilidade de impressão de apenas uma unidade.

O tempo de execução é relativamente menor, além de não haver necessidade de reparação de cores, uma vez que todas as suas impressões são idênticas. 

Qual a melhor opção para o meu projeto?

Entendida as diferenças, você deve estar pensando: mas qual a melhor opção entre digital x offset? 

Para isso, é preciso pôr na ponta do lápis quais são as suas necessidades e os seus objetivos de fato. Se você tem uma necessidade de grandes tiragens, a impressora offset pode ser a mais adequada.

Agora se o prazo for menor, e você precisar de impressões com variáveis (como impressão de endereços diferentes), o sistema digital pode ser uma solução mais adequada.

Quanto à estética, os resultados podem ser percebidos se você tiver atenção redobrada. No caso da impressão digital, a tinta fica “sobre” o material, enquanto no sistema offset há a penetração do pigmento. Por conta disso, as impressões digitais aparentam ser mais saturadas.

De todo modo, é preciso avaliar as diferenças não só no resultado, como também no custo benefício, na hora de escolher a melhor impressão para o seu projeto. Para tanto, avalie com atenção e lembre-se que o auxílio de um profissional pode ser interessante.

Nosso sistema da Calcme conta com uma ferramenta de orçamentos que usa algoritmos inteligentes, capaz de produzir um orçamento em questão de segundos! Com isso, você poupa tempo e otimiza os processos da sua gráfica. Para ficar ainda melhor, você testar o sistema grátis por 7 dias!

Clique aqui e experimente grátis o software que vai fazer a sua gráfica crescer! Ou se preferir fale com um especialista agora.

Acabamentos gráficos para usar nas suas impressões

Os acabamentos gráficos são excelentes alternativas para construir um produto com um valor agregado cada vez maior. Muitas vezes o cliente da sua gráfica será exigente, a ponto de entender tudo sobre o assunto. Por outras vezes, o cliente não entenderá o que é um acabamento.

Por isso, é fundamental que você saiba quais são os mais básicos e procurados para que, desta forma, você consiga estruturar um bom plano de negócios, compreendendo as melhores tecnologias, processos e sistemas. Confere com a gente!

Acabamentos gráficos – Quais os mais procurados?

O principal produto de uma gráfica, é a impressão. Certo? Talvez. Há sim clientes que procuram apenas o custo benefício de ter uma impressão rápida, simples e prática, como é o caso das impressoras digitais.

Porém, há também aqueles que exigem um “algo a mais”. Ou aqueles que podem ser conquistados com o “algo a mais”. E este atributo pode estar justamente nos acabamentos gráficos. Eles são uma excelente forma de construir valor para um produto “simples”.

Mas, quais são os mais procurados? Veja abaixo!

acabamentos gráficos para usar nas suas impressões

Laminação

A laminação talvez seja um dos acabamentos gráficos mais básicos. Ela pode ser aplicada em praticamente qualquer superfície, dependendo do processo de impressão e do tipo de papel utilizado. No entanto, o fato é que a laminação proporciona um alto padrão no produto, pois cria um aspecto bonito.

Você encontrará basicamente dois tipos de laminação, que são a fosca e a brilhante. A fosca, por sua vez, acaba enobrecendo o produto e pode ser encontrada em convites de casamento, cartões de visita e outros materiais que precisam de um visual nobre. Já a brilhante é mais “básica”, podendo ser aplicada em superfícies para criar proteção para a tinta e, claro um acabamento diferenciado.

Refile

O refile entra também em um sistema de acabamento gráfico, pois muitas vezes é preciso atender uma necessidade específica. Há impressos que vão exigir mais cuidados e um recorte diferenciado. E ter as tecnologias e ferramentas para refilar de forma otimizada é importante.

Verniz

O verniz é um dos acabamentos gráficos mais conhecidos. Ele proporciona um aspecto incrível para as peças. Além de que você poderá criar áreas exclusivas para aplicação dele, o que é o caso do verniz localizado. Por exemplo, você pode aplicar o verniz apenas em cima de uma marca ou imagem.

Hot stamp

Quando o assunto é elegância, o hot stamp é um dos acabamentos gráficos mais procurados em gráficas. Ele proporciona uma estética diferenciada para os produtos e pode ser aplicado em regiões específicas do impresso, como capas, escritas ou marcas.

Vincos

No caso de convites ou materiais que precisam de uma dobra, os vincos serão necessários. E para fazer isso de forma otimizada, é fundamental ter os sistemas corretos. Afinal, cada papel terá uma espessura. E isto faz com que cada um deles precise de uma força diferente para criar a estrutura do vinco.

Relevos

Os relevos altos e baixos podem ser um diferencial competitivo incrível. Afinal, eles proporcionam muita beleza nas peças. Além de que você poderá oferecer diversos acabamentos gráficos em uma única peça. É claro que o preço será maior para o cliente, mas o valor agregado resultante é maior ainda – E isto é ótimo para a reputação da sua gráfica.

Estes são apenas alguns dos mais básicos acabamentos que você pode implementar. Nunca deixe de inovar e oferecer produtos incríveis para seus clientes. Boas vendas!

Clique aqui e experimente grátis o software que vai fazer a sua gráfica crescer! Ou se preferir fale com um especialista agora.

Veja mais post da Calcme Sistemas e conheça o software para gráficas que é parceiro da sua empresa!

Impressoras digitais na minha gráfica offset?

Será que vale a pena ter impressoras digitais na minha gráfica? Esta é uma das questões que muitos empreendedores da área gráfica se fazem, uma vez que o mercado muda constantemente.

Antes de mais nada, é importante entender que quanto mais possibilidades sua gráfica oferecer, maior será o número de clientes. No entanto, nem sempre isto é positivo, pois ter muitos produtos não necessariamente significa lucro.

Ao mesmo tempo, oferecer possibilidades faz com que a “fama” da sua empresa seja positiva, pois as pessoas farão recomendações e indicações. E isto, no médio e longo prazo, é fundamental para o crescimento.

Impressoras digitais – o que são?

Afinal, o que são as impressoras digitais? Bom, elas nada mais são do que equipamentos mais “simples” para realizar pequenos trabalhos na sua gráfica. Desta forma, possibilitando a chance de ter um sistema automatizado para tiragens menores.

Imprimir poucas unidades de forma rápida e pagando pouco, muitas vezes é tudo que o cliente precisa. É claro que a qualidade da impressão offset vai ser melhor em muitos casos. Porém, esta é uma chance de você conseguir implementar algo importante no seu plano de negócios: custo benefício. E vamos explicar o motivo. Veja abaixo.

impressoras digitais em minha gráfica offset

A integração do offset e do digital

Quem trabalha há algum tempo na área gráfica, sabe da importância de integrar sistemas e fazer com que tudo flua de uma forma mais natural. No entanto, nem sempre isto é possível devido a “burocracia” de alguns equipamentos.

Por isso, ter uma alternativa para quem busca um produto feito de forma mais rápida e sem tanta pré-produção pode ser vantajoso para você. Desta forma, você conseguirá trabalhar com ambas tecnologias e oferecer uma gama de produtos ainda mais ampla.

Para um mercado tão saturado e que nem sempre foca em qualidade, talvez esta seja uma ótima oportunidade de você ter uma vantagem competitiva com relação a sua concorrência. Afinal, atender as demandas dos clientes de forma efetiva e otimizada é fundamental.

Você poderá atender mais clientes com melhores preços

Outro ponto que você deve analisar ao planejar a compra de ​impressoras digitais, é a quantidade de clientes atendidos. Quando você oferece a possibilidade de ter um produto mais “simples”, a sua carteira de clientes pode crescer muito. Além de que você poderá praticar preços mais competitivos e, desta forma, vender mais.

Investimentos não são gastos

E por último, é importante você entender que investir não significa gastar. Por isso, comprar equipamentos que possam gerar uma receita no médio e longo prazo é fundamental para a saúde da sua gráfica.

No entanto, é importante que você sempre faça cálculos e busque informações sobre o mercado antes de comprar suas impressoras digitais. Por mais que elas possam abrir possibilidades, se a sua região não tiver demanda para o produto, não fará muito sentido tê-las, do ponto de vista do negócio.

Lembre-se sempre de fazer pesquisas e entender o comportamento do consumidor para que, desta forma, você possa implementar ainda mais a sua gráfica. Boas vendas!

Clique aqui e experimente grátis o software que vai fazer a sua gráfica crescer! Ou se preferir fale com um especialista agora.

Veja mais post da Calcme sistemas e conheça o software para gráficas que é parceiro da sua empresa!