Conheça 3 técnicas de neurovendas para marcenaria

As técnicas de neurovendas para marcenaria podem ajudar o seu negócio a prosperar. Afinal, neurovendas é uma abordagem técnica que se baseia em conceitos da ciência para explorar emoções e assim conquistar o cliente.

No entanto, há formas de fazer isso e técnicas que farão sentido para o seu projeto.

Neste artigo, a Calcme – sistema para marcenarias – te ajuda com tudo isso.

Continue lendo e saiba mais.

O que é neurovendas para marcenaria?

Antes de mais nada, é preciso entender o que é neurovendas e como ela se aplica para a sua marcenaria.

Basicamente, neurovendas são técnicas de vendas para entender o comportamento do consumidor do ponto de vista emocional.

Ou seja, com técnicas baseadas em ciências que estudam o cérebro do ser humano e como ele funciona para a tomada de decisões.

Dentro de neurovendas, é possível encontrar inúmeras técnicas. Como por exemplo, os gatilhos mentais, que geram determinadas sensações nas pessoas, como a percepção clara de que a compra de móveis planejados vai valorizar o imóvel e, por isso, vale a pena.

Há muitos conjuntos de técnicas em que o neuromarketing ou neurovendas se baseiam. E ainda neste artigo, vamos apresentar algumas dessas técnicas.

Continue lendo para saber mais.

Veja também:

Como usar a neurovendas em marcenaria com 3 dicas práticas

Usar neurovendas ou neuromarketing para construir o processo de vendas da sua marcenaria é uma excelente forma de colher ótimos resultados no futuro.

E você pode fazer isso de várias formas. Abaixo, confira 3 delas:

#1: Tenha um showroom acolhedor e que estimule os sentidos

Uma das técnicas de neurovendas para marcenaria que com certeza você pode aplicar no seu negócio, é a construção de um ambiente acolhedor com os materiais que você quer vender.

Ou seja, monte um showroom prático e útil, onde os potenciais clientes podem ser bem-vindos para reuniões de apresentação e eventuais fechamentos.

Um ambiente acolhedor, elegante e sofisticado, da mesma forma que o cliente sonha para a casa dele, fará diferença na tomada de decisões.

#2: Conte histórias no processo de vendas

Histórias comovem, encantam e criam relacionamento. Por isso, pense no processo de vendas como um relacionamento que vai se construindo com o tempo.

Contar histórias durante a apresentação dos projetos ou em qualquer etapa da construção de uma venda, faz com que o cliente fique mais próximo e, lá na frente, opte por fechar a venda com a sua marcenaria, pois a lembrança da sua proposta terá gatilhos de decisão mais fortes.

A história é também um gatilho mental que tem muito poder de persuasão. A história automaticamente gera conexão.

#3: Crie escassez (de prazos, de preços ou de condições)

E ainda, mais uma forma de aproveitar as técnicas de neurovendas para marcenaria é usando a escassez como um recurso para vender mais.

Escassez é, basicamente, criar limites de prazos, preços ou condições para que o cliente tome a decisão.

A escassez de uma condição de pagamento exclusiva ou um preço que só vai valer por um ou dois dias fazem a diferença na cabeça de quem vai tomar a decisão.

Comece hoje mesmo a pensar nessas estratégias de neurovendas para marcenaria e leve o seu negócio para outro nível.

A Calcme te ajuda nisso. Delegue todas as outras funções mais burocráticas e de cálculo para o nosso sistema e ganhe tempo para pensar em estratégias como essa, de neurovendas.

Peça um teste grátis ainda hoje no Calcme e venda mais direta e indiretamente.