Digital x Offset – Quais as principais diferenças?

Com os avanços tecnológicos ocorrendo de maneira recorrente, nos deparamos com diversos tipos de impressão, como Digital x Offset, frequentemente. 

Em contrapartida, saber escolher a melhor opção para um projeto requer uma análise aprofundada. Para isso, mantenha-se a par das diferenças entre estes dois tipos de impressões. Veja a seguir.

Principais diferenças entre Digital x Offset

Há quem garanta que toda impressão é igual, ou com pouquíssimas diferenças. Porém, não é bem assim que funciona. Afinal, se fosse, porque teríamos tantas tecnologias diversas à nossa disposição?

Por isso é preciso conhecer os dois métodos de impressão, digital x offset, e assim decidir qual a escolha para o seu negócio.

É preciso compreender que o sistema de impressão offset pode ser entendido como um processo “indireto”. Isto é, utiliza matrizes através de chapas de alumínio, que têm por objetivo gravar e transferir a imagem para o substrato. Assim, as cores são impressas uma a uma, formando as imagens a partir da adição da pigmentação das cores.

Trata-se do método mais utilizado nas impressões do dia a dia, apresentando altíssima qualidade e desempenho. Além disso, permite ainda que a impressão seja feita em diferentes gramaturas e materiais, desde o papel até o plástico.

Costumeiramente é utilizada em grandes tiragens – centenas ou até milhares, por exemplo. Vale lembrarmos ainda que a impressão offset apresenta um custo fixo, independente da tiragem escolhida.

Suporta grandes formatos de impressão, além de ter uma alta velocidade de execução.

O sistema de impressão digital, por sua vez, apresenta menos “passos” do que quando comparamos com o sistema offset. Aqui, as cores podem ser impressas de uma só vez e de uma forma direta. Isso acontece porque esse método não apresenta intermediários entre a tinta e o substrato.

Como efeito, o custo de acerto deste tipo de máquina pode ser reduzido, além de haver a possibilidade de impressão de apenas uma unidade.

O tempo de execução é relativamente menor, além de não haver necessidade de reparação de cores, uma vez que todas as suas impressões são idênticas. 

Qual a melhor opção para o meu projeto?

Entendida as diferenças, você deve estar pensando: mas qual a melhor opção entre digital x offset? 

Para isso, é preciso pôr na ponta do lápis quais são as suas necessidades e os seus objetivos de fato. Se você tem uma necessidade de grandes tiragens, a impressora offset pode ser a mais adequada.

Agora se o prazo for menor, e você precisar de impressões com variáveis (como impressão de endereços diferentes), o sistema digital pode ser uma solução mais adequada.

Quanto à estética, os resultados podem ser percebidos se você tiver atenção redobrada. No caso da impressão digital, a tinta fica “sobre” o material, enquanto no sistema offset há a penetração do pigmento. Por conta disso, as impressões digitais aparentam ser mais saturadas.

De todo modo, é preciso avaliar as diferenças não só no resultado, como também no custo benefício, na hora de escolher a melhor impressão para o seu projeto. Para tanto, avalie com atenção e lembre-se que o auxílio de um profissional pode ser interessante.

Nosso sistema da Calcme conta com uma ferramenta de orçamentos que usa algoritmos inteligentes, capaz de produzir um orçamento em questão de segundos! Com isso, você poupa tempo e otimiza os processos da sua gráfica. Para ficar ainda melhor, você testar o sistema grátis por 7 dias!

Clique aqui e experimente grátis o software que vai fazer a sua gráfica crescer! Ou se preferir fale com um especialista agora.

Deixe um comentário