como calcular custo de impressão de personalizados

Como calcular custo de impressão de personalizados

Aprender a calcular custo de impressão de personalizados é muito simples. Por mais que possa não parecer, saiba que você não precisa fazer cálculos malucos e complexos para descobrir o custo de uma impressão de personalizado.

No artigo de hoje, a Calcme vai te levar para conhecer o passo a passo básico daquilo que você precisa considerar para fazer descobrir estes valores. Continue lendo!

Como calcular custo de impressão de personalizados?

A matemática não engana: tudo que você precisa fazer para calcular custo de impressão de personalizados é saber o custo do papel e o custo da impressão. Depois, basta somar as duas coisas e, então, você tem o número que estava buscando.

Entenda mais sobre cada etapa nos tópicos abaixo.

Saiba o custo do papel

Antes de mais nada, você precisa saber o custo do papel que vai utilizar para fazer a impressão de seus personalizados. E aqui, a conta vai ser bastante individual para cada profissional ou criativo.

Portanto, pegue o valor que você pagou em um pacote de 50 ou 100 folhas, divida pelo número de folhas e você terá o custo unitário do material.

Por exemplo, se o pacote de 100 folhas custou 10 reais, você estará pagando 10 centavos por folha. Guarda este número, pois ele será importante no próximo passo.

Saiba o custo da impressão

Agora que já descobrimos o custo do papel, é hora de calcular o custo da tinta da impressão também. Ou seja, quanto vai custar a impressão em si. Para isso, talvez você possa encontrar um pouco mais de dificuldade. Mas não é difícil.

O primeiro passo, é pegar a quantidade média de tinta que cada impressão vai fazer. E isto dependerá de projeto para projeto. Mas como exemplo, vamos imaginar que a tinta será impressa em cerca de 50% da folha.

Dentro das especificações do fabricante, você poderá ver quantas folhas A4 a tinta imprime e, assim, calcular quanto custa cada impressão! O resultado, você deverá somar com o valor individual por folha.

Se você tiver um custo aproximado de 15 centavos por impressão, já sabe que o seu custo de impressão por folha é de 25 centavos.

Custos extras que podem envolver o processo

Quando você vai calcular custo de impressão de personalizados, deve levar em consideração outros fatores relacionados ao processo. Se você tem custo de frete ou de locomoção para comprar os suprimentos, este valor deve ser acrescentado na conta.

Por exemplo, se o frete do papel custar 20 reais, você deverá dividir 20 reais pelo número de folhas que comprou e, assim, terá um valor de custo corrigido. Faça a mesma coisa para as tintas!

Vale a pena imprimir personalizados?

A impressão de personalizados na sua gráfica certamente pode ser uma dor de cabeça se não houver o mínimo de organização. Afinal de contas, imprimir personalizados não é tão simples se você não tiver uma rotina adequada e os equipamentos certos.

No entanto, ainda assim, vale a pena imprimir personalizados. Essa é uma forma prática de garantir alguns atributos extras para o seu negócio, do ponto de vista de competição. Veja alguns pontos positivos de imprimir personalizados:

  • Diferencial competitivo.
  • Maior demanda de mão de obra.
  • Estude a margem deixada.
  • Implemente ideias criativas para imprimir personalizados.
  • Seja fornecedor.

Diferencial competitivo

Agora que você já aprendeu como calcular preço de personalizados, sabe que esse cálculo é importantíssimo para garantir a rentabilidade do negócio. Por isso, quando a conta fecha, você pode ter um diferencial competitivo bem interessante para o seu projeto.

Afinal, a impressão de personalizados pode ser, na grande maioria das vezes, um serviço bônus. Ou seja, um serviço premium que pode alavancar a rentabilidade do seu negócio. As pessoas passam a enxergar a sua gráfica com outros olhos quando você passa a oferecer serviços diferentes. E os impressos personalizados, claro, ajudam nisso.

No entanto, é preciso criar uma estrutura adequada e que suporte esse tipo de demanda. Se você fizer só por fazer, isso pode impactar negativamente, inclusive, os outros serviços já consolidados na gráfica.

Maior demanda de mão de obra

Um ponto importante que você precisa considerar na hora de como calcular preço de personalizados, é a mão de obra. Dependendo do tipo de projeto e modelo de impresso, a mão de obra vai ser muito intensa. E por isso, há um custo extra nesse processo.

Portanto, só vale a pena imprimir personalizados se você tiver condições suficientes para garantir uma boa mão de obra para suprir a demanda. Caso contrário, o que pode acontecer é que a sua gráfica inteira pode colapsar por conta de um serviço que entra atravessando todos os processos já estabelecidos.

Faça muitos testes antes de oferecer o serviço ao mercado.

Estude a margem deixada

De nada adianta fazer o impresso de personalizados se a margem desse serviço é pequena, não é mesmo? Por isso, você não pode considerar a lucratividade isolada do seu negócio. Mas sim, precisa estudar de maneira individual. Cada serviço representa uma parcela da margem deixada.

A margem deixada pelo impresso de personalizados pode ser muito boa ou muito ruim. Tudo vai depender de como você consegue organizar os processos.

Implemente ideias criativas para imprimir personalizados

Para que os impressos de personalizados sejam ainda mais rentáveis para a sua gráfica, considere contratar um designer para criar peças exclusivas. Ou seja, produtos que somente a sua gráfica vai ter, de maneira que você possa competir melhor no mercado.

Ao considerar como calcular preço de personalizados, você pode embutir o valor da criação no projeto. Assim a sua margem vai aumentar, pois você estará agregando mais valor.

Com essas dicas, certamente você conseguirá estruturar bem seus impressos personalizados!

O custo da manutenção dos equipamentos precisa entrar no cálculo?

Esta é uma questão individual. No entanto, calcular o custo de manutenção para embutir no preço final do produto pode ser um pouco complexo. 

O ideal é que você saiba exatamente quantos ciclos a sua impressora pode imprimir sem manutenção. Por exemplo, se ela imprimir 10 mil folhas sem precisar de manutenção, você poderá dividir o preço da manutenção por 10 mil impressões e embutir no valor final do produto.

Viu só como é simples calcular o custo de uma impressão de personalizados? Lembre-se ainda que todas essas informações e cálculos podem ser automatizados com o uso de software de gestão para gráficas. Assim, basta você preencher os dados dos seus serviços e pronto! Já poderá gerar orçamentos ainda mais rápidos e práticos. Pense nisso. 😉

acesse o software para gráfica onde estiver

Deixe um comentário